Vanguart no Studio SP

Na sexta-feira 13 chuvosa e fria em SP resolvi fazer duas coisas que tava precisando fazer e matar dois coelhos com uma CAJADADA só. Ver um show do Vanguart, cujo vocalista Hélio é brother desde antes da banda e sempre me chamava pra ver um show, e finalmente conhecer o Studio SP. O Helio colocou meu nome na lista VIP digrátis e lá rumei eu para a augustona. Mas a ocasião pedia um esquenta. Ia ter o bloco de carnaval do mackenzie na Maria Antonia. Então fui pra casa do tristinho na Santa Cecilia, comprei uma caixinha de antarctica e as 20h abria a primeira cerveja da empreitada.

O bloco em si tava bem xis, tinha umas piriguetes, mas tava determinado a ir no show e ficamos tomando breja na padoca da Maria Antonia até umas 23h30. Aí o tristinho saiu fora e rumei para a Augusta. Cheguei e já entrei no Sutdio SP o que se provou um erro. O lugar ainda tava quase vazio, e a cerveja a R$ 5 a long neck não ajudava. Além do que, não conhecia absolutamente ninguém lá dentro. Depois da primeira cerveja resolvi radicalizar e pedi uma cachaça Germana. Ao fim da cachaça já tava completamente chumbado. Me posicionei bem na frente do palco para tirar umas fotos. Mas, vacilão que sou, percebi que tinha esquecido o cartão de memória em casa, o que me dava direito a umas 15 fotos com a memeória interna da câmera. Que seja, pensei.

Aí começou o show. Muito bom. Helio manda bem como frontman, mandou mais de 20 músicas quase sem parar, já tinha ouvido algumas musicas da banda, achei legaizinhas, mas ao vivo é bem melhor. Rock meio sessentista com pitadas folk, aliás o Vanguart é expoente desse tal de neofolk que tá rolando. Senti orgulho do moleque.

Aí acabou o show. E Helio tinha me falado pra gente tostar um depois do show, e foi o que fizemos, ao lado do bar de baixo do Studio. Aí eu percebi a diferença que faz ser da banda ou ser amigo da banda. Em menos de 15 minutos de papo, eu já tinha me dado bem. Claro que não era nenhuma top model, mas é nóis. Quando menos percebi o lugar já tinha esvaziado, hora de ir embora. Entramos em sete no carro, todo mundo eu tinha conhecido naquele momento, mas já eramos bons amigos. Paramos no apê de uma das minas pruma saidera, mas eu fiquei com minha nova amiga na lavanderia, nos conhecendo melhor. Já era dia claro quando fomos pra casa dela, e dormir mesmo, só umas 10 da matina.

Enfim, a balada rendeu. Quanto ao lugar, é bem legal. Decoração de arte urbana/grafitti, som de primeira, palco próximo do público, e a programação musical costuma ser boa. Além do que, o fator público maluco é ótimo. Prum cara chegar lá sem conhecer ninguém e começar novas amizadas, é o lugar ideal. Recomendo!

Anúncios

~ por pnoviello em 15/02/2009.

Uma resposta to “Vanguart no Studio SP”

  1. Se deu bem, hein meninao!
    abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: