Para ocupar as praças desta cidade

Todo mundo reclama da falta de opções de lazer ao ar livre e áreas verdes pra dar uma desestressada nessa cidade de meu Deus chamada São Paulo de Piratininga. Bem, será que é isso mesmo? Não sei em outras regiões da cidade, mas a parte que eu conheço bem, que vai do Brooklin e Campo Belo, passa por Moema e Vila Olímpia, sobe pelos Jardins até Pinheiros e avança por Vila Madalena, Sumaré, Perdizes, Pompeia, Alto de Pinheiros, Alto da Lapa e chega ao Butantã  o que não falta são as boas e velhas áreas de convívio dos cidadãos conhecidas como praças. Desde a antiguidade a praça é o local no centro de um povoamento onde o povo se encontra, conversa, discute política e se diverte. Mas é raro as praças de São Paulo servirem a esse propósito, geralmente virando depósito de lixo, banheiro para cachorros (e pessoas), dormitório de moradores de rua e local para maconheiros queimarem seu fuminho.

Pensando assim, os maconheiros são o menor dos problemas, e sendo o menor dos problemas, podem ser o início da solução. Sim, os maconheiros são os que mantém o mínimo do propósito original da praça: local de encontro. E maconheiros, além de fumar um, gostam de coisas como ouvir música, andar de skate, ler quadrinhos, ver filmes e desenhos chapados, e conversar sobre o sentido da vida, a filosofia e tudo o mais. Claro que maconheiros tem o problema de serem meio lerdos pra fazerem coisas, mas não temos pressa. Minha proposta é: pega os maconheiros que estão por ali e pergunta se eles querem tomar conta da praça. Cortar o mato, tirar o lixo, e bolar eventos e atividades lúdico-recreativas-culturais-artísticas para ocupar o espaço e o tempo livre. Agitar shows, apresentações de DJs, de dança, encontros de skate, troca de livros e quadrinhos, exibição de filmes, festas, enfim, é só usar a imaginação, e imaginação maconheiros tem de sobra.

Eu enquanto frequentador de praças, quero dar o pontapé inicial agitando um show do jazz ‘n’ ribs e abobrinhas numa praça ae, talvez aquela boa e velha praça perto do Fórum da Vila Madá, Mercearia São Pedro e tal, seja o local ideal para essa empreitada. Pega um sábado ou domingo de sol, puxa uma extensão pra ligar os equipamentos, enche um isporzão de breja e gelo, e cada um leva uma larica para fazer um piquenique e voilá! Vamoaê, praceiros de São Paulo?

Anúncios

~ por pnoviello em 23/07/2010.

Uma resposta to “Para ocupar as praças desta cidade”

  1. qdo morava ali perto do metro da vila costumava colar nessa praça perto do forum. lá até q rola uma galera, sempre q passava por lá tinha uns gatos pingados.

    uma amiga minha tinha um projeto de botar bandas pra tocar em praças, rolou uns dois ou três shows, mas acho q não tá rolando mais…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: